Bem-vindos!!!!

Este blog foi criado para professores de 4º e 5º ano que encontram dificuldades para achar atividades. Algumas são criadas por mim e outras selecionadas dos grupos que participo. Se alguma atividade é de sua autoria me escreva para que dê os devidos créditos. Revise o conteúdo antes de utilizar. Não possuo os gabaritos. Tenho apenas as atividades.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

O Meu Segredo


                       Ontem, antes de dormir, lembrei de uma história de quando eu era pequeno e a gente morava na casa de minha tia, no subúrbio. Não sei se foram meses ou anos, pareceu um tempo bem comprido. Se não fossem as implicâncias de minhas primas, até que eu teria sido feliz lá, por causa do quintal e do jardim.
                        Quando ficava sozinho, fugia para o fundo do quintal e brincava de uma porção de coisas bacanas: de Tarzan, de explorador, de geólogo – só que naquele tempo eu não sabia que chamava assim. O que eu gostava mais era de subir nas árvores. Um dia, descobri um ninho de bem-te-vi num galho baixo da mangueira. Fiquei todo feliz quando o ninho se encheu de ovos. . . Era o meu segredo. Até me levantava cedo, para olhar o ninho, se os passarinhos tinham nascido. Um dia, as pestes das minhas primas descobriram o meu segredo, e, só de implicância, desmancharam o ninho e quebraram os ovinhos. Perdi a cabeça, com aquela malvadez, tanto mais que elas começaram a zombar, com risonhos e cochichos, e a me provocar. Como a casa era delas, se sentiam mais fortes. Tive vontade de bater, mas a raiva era tanta que era capaz de machucar de verdade. Levei dois dias curtindo minha raiva, quase não comia nem dormia direito, pensando numa vingança, mas não achava nada. De repente me lembrei: elas tinham uma coleção de bonecas de plástico que adoravam, davam banho, vestiam, dava comidinha. Peguei todas as bonecas, levei pro fundo do quintal e botei fogo . . . Nem quero saber o que aconteceu . . . Mas não me arrependi . . .

(Maria Alice do Nascimento e Sílvia Leuzinger. O diário de Marcos Vinícius.)


Entendendo o texto

O NARRADOR

            Para contar a história, o narrador pode fazê-lo de duas formas:
            1) Se não fossem as implicâncias de suas primas, até que ele teria sido feliz lá, por causa do quintal e do jardim.
            2) “Se não fossem as implicâncias de minhas primas, até que eu teria sido feliz lá, por causa do quintal e do jardim.”

            Na primeira forma, o narrador não participa dos fatos, é apenas um observador. Determina-se narrador-observador.
            Na segunda forma, o narrador participa da história. Ele deixa de ser apenas um observador, para tornar-se personagem. Nesse caso denomina-se narrador-personagem.

Responda em seu caderno:

1)    No texto “O meu segredo”, qual das duas posições o narrador utiliza:
       a) narrador personagem                                b) narrador-observador
2)    O narrador do texto lembra-se de uma história.
       a) Quando aconteceu a história?                b) Onde aconteceu?
3)    O narrador-personagem não se recorda exatamente do tempo em que permaneceu na casa de sua tia. Que frase do texto informa isso?

O QUE A PERSONAGEM FAZ

4)    O narrador-personagem brincava.
      a) Onde?                                                b) Do quê?
5)    Qual era o brinquedo preferido do narrador?
6)    O narrador tinha um segredo. Qual era?
7)    Ao descobrirem o segredo do narrador-personagem, o que as suas primas fizeram?
8)    O narrador acompanhava atentamente o ninho de bem-te-vi. Que frase do texto informa isso?
9)    Grife as palavras que informam as ações realizadas pelo narrador-personagem na frase seguinte:
       " Peguei todas as bonecas, levei pro fundo do quintal e botei fogo . . .”

O QUE A PERSONAGEM PENSA E SENTE

10) Qual foi a primeira reação do narrador-personagem quando as primas destruíram o ninho de bem-te-vi? Por que não o fez?
11)  A vingança do narrador-personagem foi instintiva ou planejada? Justifique sua resposta.
12)  Por que o narrador-personagem escolheu as bonecas das primas para destruir?

SEQÜÊNCIA DOS FATOS

13) Copie os fatos na seqüência apresentada pelo narrador.
. O ninho se encheu de ovos.
. As minhas primas descobriram o ninho e o destruíram.
. Estando sozinho, fugia para o fundo do quintal e brincava de Tarzan, de explorador e de geólogo.
. Para me vingar de minhas primas, queimei uma coleção de bonecas de plástico que elas adoravam.
. Quando era pequeno, morei algum tempo na casa de minha tia.
. Um dia, descobri um ninho de bem-te-vi num galho baixo da mangueira.

14) Um outro título poderia também captar a idéia central do texto. Que título você escolheria?

Atividade enviada por Susana Felix para Professores Solidários.

13 comentários:

  1. eu adorei esse texto vou copiar para mostrar a meus colegas e minha professora ela vai adorar

    ResponderExcluir
  2. minha professora amou o texto e me falou que ia colocar esse texto na proxima prova

    ResponderExcluir
  3. adorei o texto e as atividades! obrigada, me ajudou muito!

    ResponderExcluir
  4. O texto é muito interessante e as atividades bem contextualizadas. Gostei!!!

    ResponderExcluir
  5. adorei este texto ele me marcou quando eu fazia a 5ª série e tinha 10 anos de idade, hoje tenho 36 e nunca esquecí esta história contada por minha professora de L. portuguesa.

    ResponderExcluir
  6. Minha professora colocou este texto na prova

    ResponderExcluir
  7. ótimo pude colocar na minha pesquisa de historia com narrador personagem !!

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, Qual livro está este texto com as perguntas, por favor?

    ResponderExcluir
  9. Interesante ba história:-)

    ResponderExcluir
  10. Obrigado.

    Ajudou bastante com os estudos de meu filho.

    ResponderExcluir
  11. [
    EU ESQUECI MINHA FOLHA NO COLEGIO E TIVE Q COPIA NO PONCUTADOR E DOREI BASTANTE BEM LEGAL MESMO MELHOR TEXTO Q EU JA VI NA MINHA VIDA BEM LEGAL MESMO]

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, é muito importante!!!