Bem-vindos!!!!

Este blog foi criado para professores de 4º e 5º ano que encontram dificuldades para achar atividades. Algumas são criadas por mim e outras selecionadas dos grupos que participo. Se alguma atividade é de sua autoria me escreva para que dê os devidos créditos. Revise o conteúdo antes de utilizar. Não possuo os gabaritos. Tenho apenas as atividades.

domingo, 23 de março de 2014

A VELHA CONTRABANDISTA


              Diz que era uma velhinha que sabia andar de lambreta. Todo dia ela passava pela fronteira montada na lambreta, com um bruto saco atrás da lambreta. O pessoal da alfândega – tudo malandro velho – começou a desconfiar da velhinha.
              Um dia, quando ela vinha na lambreta com o saco atrás, o fiscal da alfândega mandou ela parar. A velhinha parou e então o fiscal perguntou assim para ela:
             - Escuta aqui, vovozinha, a senhora passa por aqui todo dia, com esse saco aí atrás. Que diabo a senhora leva nesse saco?
              A velhinha sorriu com os poucos dentes que lhe restavam e mais os outros, que ela adquirira no odontólogo e respondeu:
             - É areia!
              Aí quem sorriu foi o fiscal. Achou que não era areia nenhuma e mandou a velhinha saltar da lambreta para examinar o saco. A velhinha saltou, o fiscal esvaziou o saco e dentro só tinha areia. Muito encabulado, ordenou à velhinha que fosse em frente. Ela montou na lambreta e foi embora, com o saco de areia atrás.
              Mas o fiscal ficou desconfiado ainda. Talvez a velhinha passasse um dia com areia e no outro com muamba, dentro daquele maldito saco. No dia seguinte, quando ela passou na lambreta com o saco atrás, o fiscal mandou parar outra vez.
             Perguntou o que é que ela levava no saco e ela respondeu que era areia, uai! O fiscal examinou e era mesmo. Durante um mês seguido o fiscal interceptou a velhinha e, todas às vezes, o que ela levava no saco era areia.
Diz que foi aí que o fiscal se chateou:
           - Olha, vovozinha, eu sou fiscal de alfândega com 40 anos de serviço. Manjo essa coisa de contrabando pra burro. Ninguém me tira da cabeça que a senhora é contrabandista.
            - Mas no saco só tem areia! – insistiu a velhinha. E já ia tocar a lambreta, quando o fiscal propôs:
           - Eu prometo à senhora que deixo à senhora passar. Não dou parte, não apreendo não conto nada a ninguém, mas a senhora vai me dizer: qual é o contrabando que a senhora está passando por aqui todos os dias?
          - O senhor promete que não “espaia”? – quis saber a velhinha.
          - Juro – respondeu o fiscal.
          - É lambreta.
Para gostar de ler, vol. 8
São Paulo, Ed. Ática, 1987

Compreensão do texto.
Marque com um x a alternativa correta.

1.    Na expressão “manjo essa coisa de contrabando”, a palavra “manjo” quer dizer que o guarda: (0.25)
a)    ás vezes vê contrabando.
b)    Conhece pouco de contrabando.
c)    Engana-se com as pessoas.
d)    Entende de contrabando.

2.    Na expressão “tocar a lambreta”, entende-se: (0,25)

a)    Colocar a mão na lambreta.
b)    Desligar a lambreta.
c)    Ligar a lambreta.
d)    Sair com a lambreta.

3.    Esse texto é: (0,25)
a)    Narrativa com discurso direto
b)    Poesia
c)    Informativo
d)    Narrativa com discurso indireto

4.    O final do texto é surpreendente. Por quê? (0,5)

5.    Você sabe o que é contrabando? O que acha disso? (0,5)

6.    O texto tem _________ parágrafos. (0,35)

Gramática

1.    A palavra velhinha tem três sílabas sendo que a mais forte, ou a que falamos com mais intensidade é a sílaba lhi. Quanto a sílaba tônica (sílaba mais forte da palavra) elas são classificadas em:
·         Oxítonas: quando a sílaba tônica é a última.
·         Paroxítonas: quando a sílaba tônica é a penúltima.
·         Proparoxítonas: quando a sílaba tônica é a antepenúltima.

Retire do texto o que se pede: (0,5 cada)
a)    (§ 2) duas palavras oxítonas______________________________________________
b)    (§11 ) uma palavra paroxítona____________________________________________
c)    (§ 4 e 9)  uma palavra proparoxítona_______________________________________
d)    (§ 8) dois ditongos______________________________________________________
e)    (§ 1) dois hiatos­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­_______________________________________________________
f)     (§ 6) três monossílabos tônicos­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­____________________________________________
g)    (§ 12) um tritongo______________________________________________________


2.    Pontue adequadamente a frase abaixo seguindo as indicações. (2,0)

“PERDOAR NUNCA MATAR”

ü  Para dizer que devemos perdoar sempre.

___________________________________________________________

ü  Para dizer que não devemos perdoar.

__________________________________________________________

3.    Acentue as palavras adequadamente. (2,4)

SANDUICHE – HABITO – TAMBEM – HEROI – MEDICO – CEDULAS


VOCES – CIPO – SAUDE – PROVEM – NINGUEM – PROPOS

Profª Graciela Lopes 

7 comentários:

  1. Respostas
    1. ADOREI !!! até me ajudou na escola pq eu não tinha copiado o texto :3 ameei vlw a e sou do 6 ano

      Excluir
  2. Muito bons seus textos, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Adorei as atividades. Vou aplicar no quinto ano

    ResponderExcluir
  4. Quando me perguntam quando eu comecei a gostar de literatura a primeira coisa que me vem a cabeça é esse texto da velha contrabandista :)
    http://livrandocommar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, é muito importante!!!