Bem-vindos!!!!

Este blog foi criado para professores de 4º e 5º ano que encontram dificuldades para achar atividades. Algumas são criadas por mim e outras selecionadas dos grupos que participo. Se alguma atividade é de sua autoria me escreva para que dê os devidos créditos. Revise o conteúdo antes de utilizar. Não possuo os gabaritos. Tenho apenas as atividades.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

A gansa dos ovos de ouro


              Era uma vez um casal de camponeses que tinha uma gansa muito especial. De vez em quando, quase todo dia, ela botava um ovo de ouro. Era uma sorte enorme, mas em pouco tempo eles começaram a achar que podiam ficar mais ricos se ela pusesse um ovo daqueles por hora, ou a todo momento que eles quisessem.
              Falavam nisso sem parar, imaginando o que fariam com tanto ouro.
              ---- Que bobagem a gente ficar esperando que todo dia saia dessa gansa um pouquinho... Ela deve ter dentro dela um jeito especial de fabricar ouro. Isso era o que a gente precisava.
              ---- Isso mesmo. Deve ter uma maquininha, um aparelho, alguma coisa assim. Se a gente pegar prá nós, não precisa mais de gansa.
              ---- É... Era melhor ter tudo de uma vez. E ficar muito rico. E resolveram matar a gansa pra pegar todo o ouro.
              Mas dentro não tinha nada diferente das outras gansas que eles já tinham visto – só carne, tripa, gordura...
              E eles não pegaram mais ouro. Nem mesmo ganharam um ovo de ouro, nunca mais.

(MACHADO, Ana Maria. Clássicos de verdade: mitos e lendas greco-romanos.)

01. Em “ Falaram nisso sem parar.”, a palavra sublinhada refere-se ao trecho
( A ) “De vez em quando, quase todo dia, ela botava um ovo de ouro.!
( B ) “Deve ter uma maquininha, um aparelho, alguma coisa assim.”
( C ) “que podiam ficar mais ricos se ela pusesse um ovo daqueles por hora, ou a todo momento que eles quisessem.”
( D ) “ Era uma vez um casal de camponeses que tinha uma gansa muito especial.”

02. Em “ Deve ter uma maquininha, um aparelho, alguma coisa assim.”, a expressão grifada sugere que dentro da gansa poderia ter
( A ) tripas.
( B ) ovário.
( C ) equipamento.
( D ) gordura

03. O provérbio que pode resumir o que a história quer ensinar é:
( A ) Cavalo dado não se olha os dentes.
( B ) Pata de galinha não mata o pinto.
( C ) Em terreiro de galinha, barata não tem razão.
( D ) Mais vale um pássaro na mão do que dois voando.

04. O trecho “mas em pouco tempo eles começaram a achar que podiam ficar mais ricos” demonstra que o casal era
( A ) honesto.
( B ) pobre.
( C ) ganancioso.
( D ) rico.

05. O trecho que explica o motivo da morte da gansa é
( A ) “ Falavam nisso sem parar, imaginando o que fariam com tanto ouro.”
( B ) “ Era uma vez um casal de camponeses que tinha uma gansa muito especial.”
( C ) “ Deve ter uma maquininha, um aparelho, alguma coisa assim.”
( D ) “ E resolveram matar a gansa pra pegar todo o ouro.”

06.  Em “ Que bobagem a gente ficar esperando que todo dia saia dessa gansa um pouquinho...” no lugar das reticências (...), poderia estar uma palavra que dá nome a
( A ) um material.
( B ) um sentimento.
( C ) uma parte do corpo.
( D ) um lugar.

Professores Solidários - Edil Barros da Silva

2 comentários:

Deixe aqui seu comentário, é muito importante!!!