Bem-vindos!!!!

Este blog foi criado para professores de 4º e 5º ano que encontram dificuldades para achar atividades. Algumas são criadas por mim e outras selecionadas dos grupos que participo. Se alguma atividade é de sua autoria me escreva para que dê os devidos créditos. Revise o conteúdo antes de utilizar. Não possuo os gabaritos. Tenho apenas as atividades.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

A Escola de Tristelândia

Tristelândia era uma cidade triste. O prefeito chamava-se Zé Amargura e passava o dia inteiro vigiando as pessoas para não deixá-las sorrir.
            Sua maior amiga à professora da Escola Pública, chamava-se Maria das Lágrimas. Era a professora certa para Tristelândia. Sabia de tudo sobre tempestade, enchentes, vendavais, terremotos, furacões, guerras, doenças e fome. Uma catástrofe ambulante.
            Lucinha das Dores era sua aluna mais adiantada. Não que fosse inteligente, aplicada. Mas porque nas provas chorava melhor que as colegas.
            Tristelândia de tão triste ficava afastada das outras cidades. Ninguém ia lá, nin-
guém saia de lá. Uma única vez uma moradora de Tristelândia foi até a cidade mais próxima: Felizlândia. Foi a professora Maria das Lágrimas.
            Zulmira Alegria, a professora de Felizlândia, havia sofrido um acesso de riso e não conseguiu dar as provas finais para seus alunos, os alunos da Escola da Felicida-
de. O governador então pediu a Maria das Lágrimas para ir até Felizlândia. Maria foi,
deu bomba na turma toda e voltou mais triste ainda.
            _Um absurdo! _ diria mais tarde. _ Os alunos da Escola de Felizlândia não sabem chorar! _ E continuou, chorando.
            _ Felizlândia é uma cidade que sorri. O prefeito brinca de roda com as crianças, os passarinhos comem alpiste na mão dos meninos. Os cachorros não brigam com os gatos. Um absurdo!

ATIVIDADES

1)    Procure no dicionário as palavras a seguir:

ABSURDO –
ACESSO –
CATÁSTROFE –

AGORA COMPLETE AS FRASES COM OS SINÔNIMOS DAS PALAVRAS QUE VOCÊ PROCUROU:
Isso é ___________________________.
Aquela porta dá____________________aos arquivos da escola.
A tempestade provocou um ____________________.

2)    Escreva o nome dos personagens, que moram em Tristelândia, ao lado de sua ocupação.
Prefeito –
Professora –
Estudante -  

Cada morador de Tristelândia agia de maneira a tornar as coisas mais tristes.
Nesse sentido o que fazia:
a)    Zé Amargura
b)    Maria das Lágrimas -

3)    Que tipo de aluno era considerado adiantado em Tristelândia?  

4)    Por que Zulmira Alegria não conseguiu dar as provas finais para seus alunos?

5)    O que Maria das Lágrimas considerou ser um absurdo na Escola da Felicidade?

6)    Procure no texto 3 substantivos comuns e 3 próprios.

7)    Separe as sílabas e classifique-a quanto ao seu número:

a)    cavaleiro –
b)    lua -
c)    ambulante -  
d)    terremotos -  

8)    Classifique as frases abaixo em negativa, afirmativa, interrogativa ou exclamativa.
a)    Moro numa cidade limpa.                     
b)    Um absurdo!                                          
c)    Não há sujeira nas ruas.                          
d)    Onde está a vassoura?                           
e)    Pegue o brinquedo.                                  

9)    Passe o poema para o singular e depois grife as rimas da mesma cor.
A turma da primavera                                       
Nos jardins abandonados                                 
Por culpa de certos senhores                            
Ficaram desempregados os beija-flores          

Vamos comprar regadores                               
E semear sem sossego                                     
Para dar aos beija-flores                                  
Um novo emprego                                          

11) Pontue corretamente:
      Como acontece todos os dias dona Conceição insistia com seu filho
      Paulinho você não vai comer
      Não mamãe  Não tenho fome
      Mas você precisa se alimentar meu filho  Veja o que comprei para você mamão melancia  melão  chocolate  leite  pão manteiga  e geléia
      Você não quer nada
      Mas porque eu preciso comer

12)Faça um convite aos alunos da cidade de Tristelândia para conhecer a escola da Felicidade, mostrando suas qualidades. 

3 comentários:

  1. adoreii (tinha esquecido a minha folha do texto em casa

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Estudei esse texto quando estava no quarto ano! Hoje tenho 44 anos e sou professor de língua portuguesa!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, é muito importante!!!